Você sabe o que é o Lamrim?

“Cuidado se você ler esse texto e se colocar o Lamrim em prática, você ira correr o grande risco de se tornar uma pessoa feliz”

O Lamrim é o verdadeiro método para solucionarmos todos os nossos problemas, ao colocarmos em prática os ensinamentos contidos no Lamrim automaticamente seremos mais felizes, teremos mais controle de nossas ações, teremos uma mente mais pacifica e estável. E ao final seremos permanentemente felizes além de contribuir para o aumento da paz em nosso mundo.

A prática do Lamrim é algo muito palpável, pois os ensinamentos estão em total acordo com o que vivemos em nosso dia. Apesar de sua origem datar do século 1 d.C. os problemas como raiva, apego, orgulho, angustia ainda são os mesmos experienciados nos dias de hoje. Mesmo sem estudar ou ouvir o Dharma, muitas pessoas ao assistir te­levisão, ver a notícias do mundo, frequentemente chegam a conclusões semelhantes àquelas explicadas nos ensinamentos de Dharma Kadam, ele não pode ser separado da vida diária.

Os ensinamentos de Lamrim foram escritos pelo mestre budista Atisha, ele escreveu o Lamrim Kadam original baseado no Orna­mento da Clara Realização, de Buda Maitreya, que é um comen­tário aos Sutras Perfeição de Sabedoria que Buda Shakyamuni ensinou na Montanha dos Abutres, em Rajagriha, na Índia. Posteriormente Je Tsongkhapa escreveu seus textos extenso, me­diano e condensado de Lamrim Kadam como comentários às instruções do Lamrim Kadam de Atisha e, por meio disso, o precioso Budadharma do Lamrim Kadam floresceu em muitos países no Oriente e, agora, no Ocidente.

Ambos os ensinamentos de Buda tanto os Sutras quanto os Tantras estão inclusos no Lamrim Kadam e eles são apresentados de três diferentes formas de acordo com as diferentes capacidades de cada pessoa, da mesma forma que os médicos receitam diferentes remédios para diferentes doenças. Assim sendo Buda deu diferentes formas do supremo remédio que cura permanentemente tanto a doença física como a doença das delusões, o Lamrim Kadam.

Ao ganhar experiência do Lamrim, entenderemos que ne­nhum dos ensinamentos de Buda é contraditório, colocaremos todos os ensinamentos de Buda em prática, realizaremos facil­mente a visão e a intenção última de Buda e ficaremos livres de todas as visões e intenções equivocadas. Todos, budistas e não­-budistas, precisam da libertação permanente do sofrimento e de felicidade pura e duradoura. Esse desejo será satisfeito por meio da prática do Lamrim; portanto, ele é a verdadeira joia­-que-satisfaz-os-desejos.

Os 84 mil ensinamentos de Buda são muito preciosos, mas Dharma Kadam, ou Lamrim, é um Bu­dadharma muito especial, apropriado para todos, sem exceção. O grande mestre Dromtonpa disse: “O Dharma Kadam é como um mala feito de ouro”. Assim como qualquer pessoa, mesmo as que não usam um mala (ou rosário de oração), ficaria feliz ao re­ceber de presente um mala de ouro simplesmente porque é feito de ouro, de modo semelhante todas as pessoas, todas, mesmo as não-budistas, podem receber benefícios do Dharma Kadam.

Se olharmos para o nosso mundo facilmente percebemos que o sofrimento, problemas e perigos estão aumentando em to­dos os lugares, e que apesar de novas invenções e da melhoria da nossa qualidade de vida os perigos não diminuíram, na verdade hoje possuímos ainda mais perigos. Entretanto, por meio da prática do Lamrim Kadam podemos transformar a nossa experiência de todas essas adversidades em caminho espi­ritual, que nos conduzirá à felicidade pura e duradoura da li­bertação e da iluminação.

Por exemplo, quando os praticantes de Lamrim experienciam dificul­dades e sofrimento, eles pensam: “Outros incontáveis seres vi­vos experienciam sofrimento e dificuldades maiores do que eu” e, dessa maneira, eles desenvolvem ou aumentam a sua com­paixão por todos os seres vivos, o que os conduz rapidamen­te à felicidade suprema da iluminação. O Lamrim Kadam é o remédio supremo que pode curar permanentemente todos os sofrimentos da doença, envelhecimento, morte e renascimento; ele é o método científico para aperfeiçoar a nossa natureza e qualidades humanas e para solucionar os nossos problemas di­ários.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *